Momento Márcio Braga - Abobrinha 2

Momento Márcio Braga na área galera...


Como eu havia dito antes, sempre que alguma figura ou figurante da sociedade, proferir uma frase de efeito, quase efeito moral, vai ganhar um post especial aqui no nosso I.S.

O felizardo da vez é o nosso querido, excelentíssimo, meretíssimo sr. Carlos Augusto Montenegro, integrante da diretoria do clube da estrela solitária, abandonada e depressiva.

Pra variar, ele resolve atacar o Mais Querido do Brasil, e aproveita para denunciar um esquema estilo O Poderoso Chefão, entre Flamengo, CBF e Polícia Militar do RJ.

Acredito que se exitisse essa máfia, como ele diz, já estaríamos com a faixa de campeão 2008 há semanas, mas enfim, cada um fala o que quer, só é necessário que se ature as consequências, afinal, passarinho que come pedra, sabe o Montenegro que tem...

Dá um confere ae na abobrinha da vez.

- É muito fácil ele (Kléber Leite, VP Futebol do Fla) falar que o chororô é o nosso camisa 10 quando se tem um contato forte com a máfia. Como todos sabem, exitem um plano entre CBF e Flamengo administrarem o Maracanã, e tudo isso faz parte do jogo. Eu não choro (???), apenas lamento que o futebol brasileiro seja comandado pela família Soprano, e enquanto isso acontecer, vai ter muito chororô por aí. (globoesporte.com)

Por essas e outras eu criei a comunidade no orkut Circo do Palhaço Montenegro.

Por hoje é só pe-pe-pessoal...

  1. gravatar

    # by Nelson Junior (Nelsinho) - 12 de novembro de 2008 14:51

    Falar em Máfia, Família Soprano foi demais mesmo...

    Agora que ele está certíssimo por reclamar da alteração do mando de campo... isso sem a menor sombra de dúvidas...

  2. gravatar

    # by Rodrigo Gattuso - 12 de novembro de 2008 15:56

    Concordo que não foi, completamente justa, a mudança de campo do jogo, e foi mudança de campo mesmo, pois se fosse de mando, o Botafogo não teria arrecadado nem 10% do que arrecadou.

    Agora, se o jogo fosse no Vazião, o chororô seria outro, seria pq a torcida do Flamengo tinha quebrado tudo igual a Young fez. Aí, além do prejuízo de não vender ingressos, teria o prejuízo para consertar o que quebraram, concorda?

    Disso ninguém lembra antes de falar...

    Concordo que foi injusto, acho que seria mais justo se mandassem para Volta Redonda, mas, na dificuldade financeira que eles estão passando, tem mais é que nos agradecer por isso...

    Até o ídolo deles, C. Alberto meteu o pé hj e botou eles no pau... hauahuauahauhau....

    Mais uma dívida...

  3. gravatar

    # by Nelson Junior (Nelsinho) - 12 de novembro de 2008 16:17

    Eu acho que não foi injusto em parte não... acho que foi totalmente mesmo. Porque o mando de campo era dos caras. O Botafogo fez um seguro em relação as cadeiras e tal. Então, não gastariam nada cso as cadeiras fossem quebradas.

    O Maraca tb faz isso, ele s tem até uma "margem de cadeiras qubradas", por jogo, mas aí quem faz e gasta com a reposição éa própria Suderj.

    Infelizmente a população não é educada para não danificar as coisas.

    O jogo, se não me engano, teve uns 27 mil espctadores. Dava pra levar no Engenhão.

    E convenhamos. Esse caô que a PM usou pra justificar, de falta de segurança, nõ cola nem com criancinha de 10 anos.

    Achoq ue também não deveriam transferir pra VR, uma vez que as autoridades dizem que o Est´dio é o "mais moderno d país"

    E o que difere a torcida do Flamengo das de Vasco e Fluminense, que jogaram lá esse ano? Os rubro-negros são terroristas? Incendiários? Homens-bomba? Não né... acho que houve um exagero da PM.

    Fazer o que, agora já foi.

    Sobre a debandada, é só o começo... só vai ficar o Wellington Paulista, pra fazer 1 caminhão de gols em Macaé, Boavista, Saquarema e Cabofriense ano que vem. Vc vai ver só... rs