Is Tchotchomere...

Salve salve galera...


Ultimamente tenho observado que ao passo que a humanidade humana aqui na terra, avança tecnologicamente, o processo contrário acontece na mesma proporção comportamentalmente... E engraçado isso pois o ideal é que se ande para frente, não pára trás...

Lembro que no final dos anos 80, existiam vários modismos e balelas "seasonais" que, como diz o próprio adjetivo, com o tempo se vão...

Porém, algumas coisas voltam... Sejam elas boas ou ruins, algum dia elas voltam... o Rock e o Cinema nacional voltaram muito melhores do que antes...

Aliás, o Rock à controvérsias... Na boa, NXZERO ganhar Artista do Ano do VMB e mais dois prêmios??? Qual o critério pra essa avaliação??? Qual maternal os “jurados” que decidiram isso estão matriculados??? A avaliação é feita pelos gritos loucos das garotinhas de 13 anos que acham aqueles muleques lindos e nem ligam para o que eles cantam??? A melhor banda é aquela consegue mais gritos no “gritômetro”, a que vende mais Cds ou a que faz a melhor música e o melhor som???

Deixando a indignação de lado e seguindo com o raciocínio, o que eu quis enfatizar é que uma hora ou outra, alguma coisa do seu passado volta, seja ela boa ou ruim... huuuuaaaaa... (... riso maléfico de bruxa...).

Antigamente, naqueles longínquos anos 80 que eu citei antes, tinha uma moda que era febre na CDD (Cidade de Deus/RJ) onde eu morava. Era simples, bastava você ter um toca-fitas portátil, oito pilhas grandes (aquelas que não existem mais..) e um ouvido resistente...

Pegava-se o toca-fitas, colocava-se as pilhas, colocava no ombro e saia andando pela rua cantando e dançando funk, que na época era bom, Stevie B, Trinere e muito Tchotchomere (It Automatic... hauhauhauhau...).

Antigamente não tínhamos a tecnologia que a mulecada de hoje pode desfrutar, atualmente, um outro dispositivo portátil serve para a mesma função, chama-se: MP3 Player.

Mas aí chega a tão buscada, amada e odiada tecnologia.

Os fabricantes de telefones celulares, incorporaram um MP3 nos celulares e os tornou “mini toca-fitas”.

É impressionante, a cada 10 adolescentes que cruzam meu caminho ultimamente, 30 usam a p... do celular dessa forma...

E o que mais me deixa puto é que cada um ouve uma música diferente... ahhhhhhhhh.... vou ficar maluco com isso...

Tem vezes que não se pode evitar, dentro do coletivo por exemplo... não tem como fugir...

Agora, isso tudo, inclusive esse post, poderia ter sido evitado, se um único dispositivo tecnológico, lançado recentemente, em 1920, fosse usado.

O fone de ouvido.

  1. gravatar

    # by Nelson Junior (Nelsinho) - 5 de outubro de 2008 21:33

    Puta que pariu!!!

    Um dos melhores posts... já tinha comentado com o Maossu que a tecnologia era uma merda por causa disso... eu ainda acrescentei a ele dizendo que 102% desses MP3 que tocam quando passamos na rua ou no "coletivo" como vc brilhantemente disse é funk. Não o do Claudinho e Buchecha, do Rap da Paz.... e sim "vou te chupar", "segura, não solta"...

    Po, você sair de manhã pra ir estudar ou quando volta do trabalho, cansado e ter que ouvir isso, é dose.

    Mas sabe, um problema sério é que muitos não sabem ler placas. No coletivo existe um aviso dizendo que é proibido aparelho de som. Acho que devemos fazer valer os nosso direitos.

    E outra, por que será que você não vê/ouve alguém com esses MP3 de celular ouvindo no volume máximo uma MPB, um Paralamas, um Rappa, uma Ana Carolina, uma Maria Rita.. por quê?

    Ah, desde já peço autorização para publicar lá no TTJ. Queria mesmo falar sobre isso, foi o empurrãozinho que faltava.

    Boa semana.